‘Trabalhar juntos’

Rewi Alley | New Zealand China Friendship Society Inc -  nzchinasociety.org.nz
(Rewi Alley)

Extravagante, aventureiro, criador … também escritor, educador, reformador social, ceramista e membro do Partido Comunista da China por 60 anos, até sua morte em 1987.

Rewi Alley era neozelandês e adotou a China como lar. Uma história interessante. Era um homem que seus admiradores consideravam quase divino, e seus adversários, um charlatão, um propagandista traiçoeiro, libertino e pederasta. Homossexual ele era, assumido. Só teve que ir para o armário quando o PC assumiu o poder.

Chegou à China em 1927, interessado por rapazes chineses. Mas, teve um papel relevante nos conturbados anos da luta contra o Japão e na revolução.

Sua mãe era uma líder sufragista na Nova Zelândia e o pai era mestre-escola.

Em 1937, quando os japoneses ocuparam Shanghai, e destruíram o parque fabril da região, além do abominável massacre de civis, ele teve uma ideia: por que não fazermos uma “indústria de guerrilha“? Por que não construir centenas de fábricas que fossem leves, flexíveis e, talvez, até móveis? Que pudessem operar nos confins do interior da China? E que fossem capazes de, ao mesmo tempo, proporcionar trabalho para a população local e produzir bens a baixo custo para a economia nacional?

Cooperativas: autogestão com flexibilidade.

Nascia a Indusco, ou Cooperativa Industrial Chinesa (CIC). Seus dois primeiros caracteres em chinês eram ‘gung ho‘ (‘trabalhar juntos’), e, com o tempo, passou a significar entusiasmo insaciável e quase temerário. O termo “gung ho” se tornou um slogan famoso do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. Adotando os significados literais dos dois caracteres separadamente como “trabalho” e “juntos”, o slogan entrou na língua inglesa como um termo que denota dedicação de todo o coração a uma causa significativa.

Em 1941, o movimento Gung Ho atingiu seu pico: cerca de três mil cooperativas com uma adesão de quase 300 mil pessoas estavam funcionando. Produziam mais de 500 produtos para a população local e um grande número de cobertores, uniformes e outros suprimentos do exército para a frente de batalha.

Esse tsunami de empreendedorismo chamou a atenção de E. F. Schumacher e seus adeptos no movimento “Pequeno é bonito”.

Rewi Alley foi muitas vezes comparado a Lawrence da Arábia:

“… se Lawrence levou aos árabes a técnica destrutiva da luta de guerrilhas, Alley trouxe a técnica construtiva da indústria de guerrilha.

Ela poderá chegar a ser vista como uma das grandes aventuras humanas de nosso tempo.” (Edgar Snow)

Tanto o governo nacionalista de Chiang Kai-shek quanto os comunistas de Mao Zedong apoiaram o movimento e tentaram controlá-lo. Alley aplacou os nacionalistas, mas suas simpatias e eventuais lealdades foram para o emergente governo comunista.

O movimento desapareceu após a década de 1950 devido à supressão pelo governo da República Popular da China.

Foi revivido em 1983 por Alley e outros ex-líderes Gung Ho, como uma organização internacional sem fins lucrativos. Sua principal tarefa é a promoção de cooperativas na China. A associação está aberta a todos os indivíduos e organizações

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: