Blog

Entre o mito e a memória

Filha de um operário e de uma empregada doméstica, Lélia Gonzalez nasceu em Belo Horizonte. Era a penúltima de 18 irmãos. A exemplo do que ocorre com uma parcela considerável das mulheres negras desse país, ela trabalhou como empregada doméstica e babá. Apesar das dificuldades, Lélia Gonzalez graduou-se em História e Geografia. Em 1962, tornou-seContinuar lendo “Entre o mito e a memória”

Tribalismo

O ódio não é um bom guia; ele cega! Mas é instintivo, mobiliza sem questionamentos. Por isso, os manipuladores tanto o propagam. Causa-nos ódio quando algo que prezamos é atacado. Valores sociais julgados importantes são sitiados por grupos e depois, divulga-se que estão ameaçados. Aí a fera se manifesta. Os valores mais comumente manipuláveis sãoContinuar lendo “Tribalismo”

“Se houver líderes de verdade, e a grande qualidade de um líder autêntico é nem querer dominar, nem querer perpetuar-se, o povo se une para defender os próprios direitos.” (Dom Hélder)

Assisti atentamente à leitura da “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito!” realizada na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Lembrei-me dos idos dos anos 1970, quando, estudantes, corríamos dos cachorros (cães pastores-alemães!) do governador nomeado por suas qualidades de subalternidade – não merece ter o nomeContinuar lendo ““Se houver líderes de verdade, e a grande qualidade de um líder autêntico é nem querer dominar, nem querer perpetuar-se, o povo se une para defender os próprios direitos.” (Dom Hélder)”

O lobo da estepe

Ontem, 9 de agosto, alguns lembraram da morte de Hermann Hesse, há exatos 60 anos. Seus livros me acompanharam na juventude e me ajudaram a ver o mundo sob outras perspectivas. Ele buscava a sabedoria, não como erudição, mas como o desnudamento da oculta santidade da vida, a sacralidade do existir. Ele fora muito influenciadoContinuar lendo “O lobo da estepe”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.

Sobre mim

Olá, sou Dorgival, editor de Balaio Caótico.

Sou dissidente do pensamento único.

Assine o meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.