Blog

Não há mistério maior que a miséria (Oscar Wilde)

Há uma ânsia por “felicidade”, esse maná moderno. E, achamos que esta felicidade está nos outros, na sua atenção, no reconhecimento, nos afetos e cuidados demonstrados, naquilo que fortaleça nosso ego. A felicidade – curtos momentos de paz interior – está em nós mesmos. Daí, quebramos a cara, pois procuramos onde não se está. EsquecemosContinuar lendo “Não há mistério maior que a miséria (Oscar Wilde)”

O anel de Polícrates

Vejo as notícias sobre Elon Musk, inevitáveis. O sujeito tem muito dinheiro, dizem que mais que qualquer outro. Há muitos que o admiram como símbolo do sucesso, mérito, intrepidez, capitalismo, liberdade, visão de mundo e de futuro etc. Onde outros veem arrogância, dizem que é assertividade; não seria controverso, mas objetivo e lúcido acima dosContinuar lendo “O anel de Polícrates”

Existe “um” povo brasileiro?

A pátria é apenas o solo natal ou requer que haja uma identidade cultural entre os nascidos num território? Existem traços característicos que nos tornam brasileiros? Outros povos reconhecem essas manifestações culturais que carregamos como típicas do brasileiro? Como agrupar pessoas com trajetórias próprias, únicas, num coletivo chamado “povo”? Talvez seja perda de tempo juntarContinuar lendo “Existe “um” povo brasileiro?”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.

Sobre mim

Olá, sou Dorgival, editor de Balaio Caótico.

Sou dissidente do pensamento único.

Assine o meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.