Blog

“Os detentores do poder ficam tão ansiosos por estabelecer o mito da sua infalibilidade que se esforçam ao máximo para ignorar a verdade”. (Boris Pasternak)

Em 1997, Ariano Suassuna escreveu a seguinte carta para o amigo Francisco Brennand: “’É preciso cerrar os dentes e compartilhar a sorte do nosso país’, escreveu, um dia, o grande poeta que foi Bóris Pasternak.  Era um tempo em que sua pátria, a Rússia, vivia a opressão violenta, aberta e declarada do Stalinismo. Hoje, oContinuar lendo ““Os detentores do poder ficam tão ansiosos por estabelecer o mito da sua infalibilidade que se esforçam ao máximo para ignorar a verdade”. (Boris Pasternak)”

A estupidez salva

Lembro de épocas em que gostos idênticos nos aproximavam. Hoje, notei, participo mais de grupos cujas características são desgostos comuns: o que nos une é o que desagrada, o que inquieta. O que separa nos une. Muita tensão. Provocações, desvios de foco, fumaça em vários tons para que não se veja o incêndio, diversionismo, estradasContinuar lendo “A estupidez salva”

Obviedades

A democracia não é garantia de baixa desigualdade. Depende da força de seus atores. Ela é facilmente e comumente dominada pelos poderosos, políticos e seus financiadores. Temos uma democracia dos 1%, para os 1% e pelos 1%. Da mesma forma, também os regimes autoritários – mesmo os de fachada socialista. Óbvio. Na democracia, pelo menos,Continuar lendo “Obviedades”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.

Sobre mim

Olá, sou Dorgival, editor de Balaio Caótico.

Sou dissidente do pensamento único.

Assine o meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.