América

O historiador mexicano Edmundo O’Gorman (1906-1995) insistia na ideia de que a América não foi “descoberta”, mas “inventada”. 1492 foi um ano marcante para o Ocidente. Além da “descoberta” da América por Colombo, houve o fim do domínio islâmico na Península Ibérica, a expulsão dos judeus da Espanha e, a publicação da primeira gramática emContinuar lendo “América”

O que o Renascimento deve à China

Zhu Di foi o terceiro imperador da dinastia Ming; reinou de 1402 a 1424. Ele inicialmente aceitou a nomeação que seu pai fizera para sua sucessão: seu irmão mais velho, Zhu Biao e, depois, seu sobrinho Zhu Yunwen como príncipe herdeiro. Entretanto, quando Zhu Yunwen ascendeu ao trono como imperador de Jianwen começou a executarContinuar lendo “O que o Renascimento deve à China”