Imaginava “um socialismo humano e democrático”

Mikhail Gorbachev foi o último líder da URSS, entre 1985 e 1991. Hoje ele se foi, aos 91 anos. Visionário ou ingênuo, percebeu que o regime soviético não resistiria no seu formato engessado e lustroso, tanto militar quanto economicamente. Procurou alternativas para a sobrevida do regime. Acompanhei com interesse esse esforço: a Perestroika, uma reestruturaçãoContinuar lendo “Imaginava “um socialismo humano e democrático””