Sobre milagres

Milagre é o que nos deixa “maravilhados”. Desejar e conseguir uma cura para doenças é um milagre? Pode ser, se for algo com poucas possibilidades. Tudo o que nos surpreende – pela superação de dificuldades, baixa probabilidade, fatos inusitados, mudanças no limite – poderia ser visto como miraculoso, a rigor. Neste sentido, o Brasil precisaContinuar lendo “Sobre milagres”

A glória e o esquecimento

Thomas Paine: no final da Revolução Americana, o escritor de panfletos radical era um herói nacional, muito conhecido pela autoria de “Senso Comum”, que convenceu muitos americanos a se juntarem à luta contra os britânicos. Com o tempo, no entanto, Paine tornou-se um pária social, principalmente por suas visões controversas sobre a religião organizada eContinuar lendo “A glória e o esquecimento”

“Outro dia, quando saí para tomar um pouco de ar perto da casa de Tom Paine …” (Bob Dylan)

Thomas Paine era britânico. Viveu entre 1737 e 1809. Participou de duas revoluções, a da Independência americana (é um dos Pais Fundadores dos Estados Unidos) e da Revolução Francesa. “Participar em duas revoluções é viver para algum propósito”, escreveu para Washington. Não era um revolucionário “radical”; só queria liberdade, paz universal, civilização e comércio. SuaContinuar lendo ““Outro dia, quando saí para tomar um pouco de ar perto da casa de Tom Paine …” (Bob Dylan)”