“Sê plural como o universo” (Fernando Pessoa)

Hesíodo conta que Afrodite nasceu da espuma (Aphros, em grego) do mar gerada pelo sêmen de Urano, cujos testículos foram jogados ao mar de Chipre depois de ser castrado por seu filho Cronos. Esse mito é interessante por sua similitude com a ideia de espuma quântica, de onde se supõe que surgiu todo o universo.Continuar lendo ““Sê plural como o universo” (Fernando Pessoa)”

Imortalidade

Há anos que Ray Kurzweil anuncia a “Singularidade”. Será um ponto no qual o avanço exponencial da tecnologia transformará profundamente a sociedade, redefinindo a noção do que significa ser humano. A singularidade é que máquinas e seres humanos formarão uma ‘aliança’ que poderá nos tornar super-humanos. Isso está previsto, por ele, para 2045. Lembro deContinuar lendo “Imortalidade”