“Duas estradas num bosque se bifurcavam, e eu/ A menos percorrida trilhei,/ E isto fez toda a diferença” (Robert Frost)

Robert Lee Frost (1874-1963) foi um dos mais importantes poetas americanos do século XX. Recebeu quatro prêmios Pulitzer. Seus poemas falam da solidão e da melancólica transitoriedade da vida. A ESTRADA NÃO PERCORRIDA (Tradução de Henry Alfred Bugalho) Estradas se bifurcavam num amarelado bosque,/ E me ressenti não poder ambas percorrer/ Sendo um só viajante, porContinuar lendo ““Duas estradas num bosque se bifurcavam, e eu/ A menos percorrida trilhei,/ E isto fez toda a diferença” (Robert Frost)”

“Existe alguma coisa que não gosta de muro” (Robert Frost)

Sadhguru tornou-se popular com sua linguagem simples e atual. Seu discurso é sobre a autotransformação, não a partir de atitudes ou comportamentos, mas pela experimentação da natureza ilimitada de quem somos. Segundo essa visão, há duas forças básicas dentro de nós, que vemos, normalmente, como estando em conflito. Uma é o instinto de autopreservação, queContinuar lendo ““Existe alguma coisa que não gosta de muro” (Robert Frost)”