A coisa

Num filme de 1985, “A Coisa” (The Stuff), dirigido por Larry Cohen, uma equipe de mineradores encontra uma substância branca e gosmenta, parecida com um iogurte, com sabor agradável e atrativo. A substância, apelidada de “Coisa”, faz com que todas pessoas que a comam sejam devoradas ou transformadas em zumbis. Típico terror B. Antes, emContinuar lendo “A coisa”

Cinismo e política

O cinismo domina a política e alguns setores sociais e econômicos. Não me refiro à corrente filosófica do Cinismo, que influenciou os estoicos e pregava o total desprezo pelos bens materiais. Sua origem deu-se com Antístenes (445-365 a.C.), discípulo de Sócrates. O cínico mais conhecido é Diógenes de Sinope (404-323 a.C.). A conotação para oContinuar lendo “Cinismo e política”

Verissimo e o social

Erico Verissimo foi, nos anos 50, diretor do Departamento de Assuntos Culturais da OEA. Seus discursos mostram da sua independência e insubmissão a correntes políticas. Criticava os que rotulavam como comunistas qualquer um que defendesse igualdade social. Segundo ele, “não só atrás da Cortina de Ferro, mas nos países democráticos, intelectuais são encarados com desconfiançaContinuar lendo “Verissimo e o social”