“Adormecida em uma noz, encontra-se o nascimento de mil florestas.”

Um amor a Deus fundamentado na alegria; comunhão espiritual do ser humano e o mundo: esse era Ralph Waldo Emerson, o grande filósofo transcendentalista, junto a seu amigo, Henry David Thoreau. Alguns de seus aforismos são relevantes: “Foi um grande conselho o que ouvi certa vez, dado a um jovem: ‘Faça sempre o que tiverContinuar lendo ““Adormecida em uma noz, encontra-se o nascimento de mil florestas.””

Histórico da indiferença

“Por que eu sempre nado contra a corrente? Porque só assim se chega às nascentes”. (José Lutzenberger) “Sou pessimista quanto à raça humana, porque ela é tão engenhosa que acaba se voltando contra si mesma. Nosso modo de lidar com a natureza é obrigá-la à submissão. Teríamos mais possibilidades de sobrevivência se nos acomodássemos aContinuar lendo “Histórico da indiferença”

“… a atmosfera teria sido feita transparente com esta intenção: brindar ao homem, nos corpos celestes, com a presença perpétua do sublime.”

Ralph Waldo Emerson era um pastor, até discordar sobre a “eucaristia” como um ato de fé: “Este modo de comemorar Cristo não serve para mim”, justificou. Juntamente com Henry David Thoreau e a impressionante Margaret Fuller desenvolveram o “transcendentalismo“, que defende a existência de um estado espiritual ideal que “transcende” o físico e o empírico,Continuar lendo ““… a atmosfera teria sido feita transparente com esta intenção: brindar ao homem, nos corpos celestes, com a presença perpétua do sublime.””