“Aos grandes homens a pátria agradecida”

Esta é a inscrição na fachada do Pantheón, onde estão os corpos ‘dos’ imortais franceses. Mas, em 1995, para lá foram destinadas as cinzas de uma mulher (e do seu marido), polonesa: Marya Salomee Sklodowska, ou, Marie Curie. A primeira mulher a ser enterrada ali por suas realizações. Feminista, pacifista militante, a primeira a receberContinuar lendo ““Aos grandes homens a pátria agradecida””