I-Juca-Pirama

I-Juca-Pirama significa “o que há de ser morto”, em tupi. É um dos poemas de Gonçalves Dias (1823-1864), da sua fase indianista. Narra a história de um índio tupi que, após uma batalha contra os timbiras, é preso e seu destino é a morte, para ser devorado. É exigido que ele faça o seu cantoContinuar lendo “I-Juca-Pirama”

Mais inimigos

“É com profunda preocupação que temos acompanhado o aumento do desmatamentono Brasil. Como instituições financeiras, que têm o dever fiduciário de agir nomelhor interesse de nossos clientes a longo prazo, reconhecemos o papel crucial queas florestas tropicais desempenham no combate às mudanças climáticas, na proteçãoda biodiversidade e no fornecimento de serviços ecossistêmicos. O Brasil temContinuar lendo “Mais inimigos”