Temos demasiados meios para escassos e raquíticos fins

Volto à encíclica Laudato si’ (“Louvado sejas”), do papa Francisco, de 2015. Nela, o pontífice critica o consumo obsessivo e o desenvolvimento irresponsável e, apela à unificação global para o combate da degradação ambiental e às alterações climáticas. “Quando as pessoas se tornam autorreferenciais e se isolam na própria consciência, aumentam a sua voracidade: quantoContinuar lendo “Temos demasiados meios para escassos e raquíticos fins”

“Quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado”

Jesus contou esta parábola: “Dois homens subiram ao templo para orar. Um era fariseu, o outro publicano. O fariseu, de pé, orava assim em seu íntimo: ‘Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros, ladrões, desonestos, adúlteros, nem como este publicano. Jejuo duas vezes por semana e pago o dízimo de toda aContinuar lendo ““Quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado””

Hipocrisia institucional e cultural

A Igreja? “Eu não sinto mais rancor, não poderia viver 62 anos com esse sentimento”. No dia seguinte ao encontro com o Papa Francisco – “foi uma grande honra, é uma pessoa especial, me comoveu”. Philomena Lee se sente livre. Livre da “vergonha” que trazia consigo há décadas. A irlandesa Lee, hoje, com 87 anos, e a suaContinuar lendo “Hipocrisia institucional e cultural”

O direito à propriedade privada deve ser subordinado “ao destino universal dos bens da terra e, consequentemente, o direito de todos ao seu uso”

No dia 3 de outubro, o papa Francisco divulgou sua encíclica Fratelli Tutti, sobre a fraternidade e a amizade social. Ela é inspirada em São Francisco, que morreu num 3 de outubro, 794 anos atrás. “São Francisco, que se sentia irmão do sol, do mar e do vento, sentia-se ainda mais unido aos que eramContinuar lendo “O direito à propriedade privada deve ser subordinado “ao destino universal dos bens da terra e, consequentemente, o direito de todos ao seu uso””