O moleiro, seu filho e o burro (La Fontaine)

Li em algum lugar que um moleiro e seu filho, Um velho, o outro pequeno, e não muito criança, Garotinho de uns quinze anos, diz-me a lembrança, À feira iam vender seu asno, certo dia; Para ele parecer mais fresco e com mais brilho, Amarraram-lhe os pés, e suspenso ele ia; Pai e filho, depois,Continuar lendo “O moleiro, seu filho e o burro (La Fontaine)”