Solidão, por Márcio Kazuo Teramoto

Cercado por uma multidão. Tempos estranhos, mesmo com uma centena de “amigos” virtuais ou não, a solidão se impõe. Triste sina, acesso as milhares de pessoas e não se consegue tempo para acessar o próprio interior. Talvez essa seja a causa. Esconde-se por trás de avatares e personagens criados para agradar os “amigos”. Esquece daContinuar lendo “Solidão, por Márcio Kazuo Teramoto”

O metaverso será nosso universo?

“Daquilo de que os outros não sabem sobre mim, disso eu vivo.” (Peter Handke) Estamos perdendo nossos segredos, nossa individualidade, nossas idiossincrasias. Viramos um caldo cultural, mas com pouca especificidade. Somos acompanhados e, monitorados. Sem percebermos, estamos nos entregando e nos deixando manipular. Que coisa! Que coisa nos tornamos! A transparência de nossos atos, preferências,Continuar lendo “O metaverso será nosso universo?”