Quem me entende?

“Eduardo Loyo disse ver pressão altista sobre os juros internacionais, dado o estímulo fiscal sem precedentes nas economias desenvolvidas. Em relação ao Brasil, Loyo considerou que, diante do plano de normalização parcial da política monetária, a transparência adotada pelo BC em suas comunicações com o mercado leva investidores a interpretar as mensagens da autarquia comoContinuar lendo “Quem me entende?”