A lei da construção

“Embora a engenhosidade humana possa fazer várias invenções … ela nunca criará nenhuma invenção mais bela, nem mais simples, nem mais voltada para o propósito do que a Natureza o faz; porque em suas invenções não falta nada e nada é supérfluo …“ (Leonardo da Vinci) Em 1883, Eduard Zeller escreveu: ”A característica mais importante daContinuar lendo “A lei da construção”

“Nascemos para sofrer”

“Nascemos para sofrer” era o ‘zeitgeist‘ (espírito da época) da Idade Média. Com o Renascimento, passou a ser “Quem quiser ser alegre, que o seja“, seguindo o ‘Carpe diem‘, de Horácio. A Europa abriu os olhos, passou a ver alguma esperança na capacidade humana, que não só dependeria do humor divino. Erasmo de Roterdã, queContinuar lendo ““Nascemos para sofrer””