“A Terra viva se queixa de febre”

“Vista da distância da lua, o que há de mais impressionante com a Terra, o que nos deixa sem ar, é o fato dela estar viva. As fotografias mostram em primeiro plano a superfície da lua, pulverizada e seca, tão morta como um osso velho. No espaço, flutuando livre embaixo da membrana úmida e cintilanteContinuar lendo ““A Terra viva se queixa de febre””

“Hoje, um número cada vez maior de pessoas está aprendendo que é preciso simplificar, e não complicar.” (John Sculley)

Robert Updegraff via a vida não como uma sucessão de batalhas, mas como um campo perene de cultivo e cuidados. E, que os problemas que encontramos pela frente, se encarados como desafios de crescimento, garantem nosso progresso pessoal. “A felicidade deve ser encontrada ao longo do caminho, não no fim da estrada, pois então aContinuar lendo ““Hoje, um número cada vez maior de pessoas está aprendendo que é preciso simplificar, e não complicar.” (John Sculley)”

A lei da construção

“Embora a engenhosidade humana possa fazer várias invenções … ela nunca criará nenhuma invenção mais bela, nem mais simples, nem mais voltada para o propósito do que a Natureza o faz; porque em suas invenções não falta nada e nada é supérfluo …“ (Leonardo da Vinci) Em 1883, Eduard Zeller escreveu: ”A característica mais importante daContinuar lendo “A lei da construção”

“Nascemos para sofrer”

“Nascemos para sofrer” era o ‘zeitgeist‘ (espírito da época) da Idade Média. Com o Renascimento, passou a ser “Quem quiser ser alegre, que o seja“, seguindo o ‘Carpe diem‘, de Horácio. A Europa abriu os olhos, passou a ver alguma esperança na capacidade humana, que não só dependeria do humor divino. Erasmo de Roterdã, queContinuar lendo ““Nascemos para sofrer””