“Música com Z”, de Zuza

Há pessoas que julgamos imortais. Na verdade, queremos que elas permaneçam conosco durante toda nossa vida – esse é o sentimento de eternidade para os mortais. Uma dessas pessoas, referências, foi Lauro Machado Coelho, morto em 2018, que me aproximou da ópera. Outra, que morreu ontem (dormindo, como lhe convinha), foi Zuza (José Eduardo) HomemContinuar lendo ““Música com Z”, de Zuza”

A voz da Rússia

Anna Akhmátova (1889-1966): sua obra é a mais importante manifestação literária de uma mulher russa no século XX, sobrevivente do stalinismo. Nasceu Anna Goriênko, mas adotou o nome da bisavó materna, de origem tártara, Akhmátova. Busco no livro maravilhoso do fantástico Lauro Machado Coelho – ainda o reconhecerão! – alguns poemas de Anna. “De manhã,Continuar lendo “A voz da Rússia”