Sobre a Independência

O que hoje chamamos Brasil era, à época da chamada Independência, apenas um conjunto de colônias que “tinha tudo para dar errado: de cada três brasileiros, dois eram escravos, negros forros, mulatos, índios ou mestiços. Era uma população pobre e carente de tudo. O medo de uma rebelião escrava pairava como um pesadelo sobre aContinuar lendo “Sobre a Independência”

A marca da escravidão

Renegar a escravidão no Brasil é o divertimento de parte da direita no país. Se ela ainda houvesse, legalmente, eles se sentiriam à vontade. Conquistas sociais não podem se limitar às ‘conquistas’; sua manutenção não é garantida. O exemplo vem da Fundação Cultural Palmares, que “tornou-se referência nacional e internacional na formulação e execução deContinuar lendo “A marca da escravidão”