Deu no que deu …

Não sou de perder as esperanças, mas esse Brasil testa demais nossa resistência! Aquele país que tinha tudo para dar certo, voltou aos princípios: terra e minérios. O país não nasceu para ser desenvolvido; era apenas fonte de riquezas para a Metrópole. Ao invés de crescimento para os seus, extração para a Corte. Extrativismo: nossaContinuar lendo “Deu no que deu …”

O Brasil poderia ter sido um império colonialista

1822. O Brasil torna-se independente de Portugal. Comemora-se no dia 7 de setembro, dia do grito no Ipiranga, mas a data oficial seria 12 de outubro, quando se deu a elevação oficial do país à condição de Império e a aclamação de D. Pedro como seu primeiro imperador. Em seguida, membros da comunidade mercantil angolanaContinuar lendo “O Brasil poderia ter sido um império colonialista”