Um diplomata, de fato

Neste engenho, o Massangana, em Cabo de Santo Agostinho, Joaquim Nabuco passou seus primeiros oito anos, sob os cuidados de padrinhos. “Das recordações da infância a que eclipsa todas as outras e a mais cara de todas é o amor que tive por aquela que me criou até os meus oito anos como seu filhoContinuar lendo “Um diplomata, de fato”