“O medo não é uma visão de mundo”

O barão Kurt von Hammerstein-Equord foi comandante do Exército alemão de 1930 a 1934. Quando Hitler assumiu o poder supremo, no início de 1933, representava a encarnação da vontade unânime dos alemães. Havia sido eleito, tinha o apoio dos empresários e financistas e trazia a tiracolo a promessa das restaurações do orgulho e da economiaContinuar lendo ““O medo não é uma visão de mundo””