A mente submissa

“Jurei perante o altar de Deus eterna hostilidade a toda forma de tirania sobre a mente do homem.” (Thomas Jefferson) Lionel Trilling se inquietava com o futuro da mente humana. Ele identificava, no seio da vida intelectual da nação, um retraimento do espírito. Quando esta mente deixa de ser parte da superestrutura da sociedade eContinuar lendo “A mente submissa”

A Nêmesis chegará?

Aubrey de Gray é diretor científico de uma organização que se dedica a um modelo de reparação de danos projetado para combater as doenças da velhice, consertando ou desfazendo o que o corpo causa a si mesmo simplesmente por estar vivo. Ele sugere que a ciência médica está prestes a desenvolver tecnologias que, por meioContinuar lendo “A Nêmesis chegará?”

Professor: o antecipador, o planejador e o criador da nova e maior ordem da vida humana

Como disse, em post anterior, H. G. Wells escreveu sobre Frederick William Sanderson, um reformador da educação na Inglaterra: “Tomamos, muito apropriadamente, as precauções máximas para excluir homens e mulheres de caráter imoral não apenas do ensino real, mas também de qualquer exercício de autoridade educacional. Mas ninguém jamais faz a menor objeção às influênciasContinuar lendo “Professor: o antecipador, o planejador e o criador da nova e maior ordem da vida humana”

Aprendizagem requer despertar o interesse

F. W. Sanderson foi, por 30 anos (até sua morte em 1922), o diretor da Oundle School, uma escola inglesa fundada em 1556. Quando assumiu ela estava decadente; sua visão sobre educação a reavivou. Para ele, os alunos deveriam deixar de lado o medíocre e o insignificante, os detalhes e a banalidade; deveriam tomar distânciaContinuar lendo “Aprendizagem requer despertar o interesse”