“O maior inimigo da verdade não costuma ser a mentira, mas o mito” (John Kennedy)

5 de setembro de 1945. A Segunda Guerra Mundial havia terminado apenas três dias antes com a rendição do Japão, e fazia menos de um mês desde que os americanos haviam inaugurado a era nuclear lançando suas bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki. Os EUA ainda comemoravam sua vitória. Mas, no Canadá, um jovem criptógrafoContinuar lendo ““O maior inimigo da verdade não costuma ser a mentira, mas o mito” (John Kennedy)”

“Ignorância é Força”

Em 1946, Eric Arthur Blair, um inglês de 43 anos, alugou uma casa no norte de uma ilha escocesa, no fim de uma trilha de terra, inacessível por carro, sem telefone e sem luz elétrica. No fim do mundo. Queria isolamento. Sua esposa havia morrido recentemente, estava com tuberculose e logo começariam as hemoptises. SeuContinuar lendo ““Ignorância é Força””