“… eles devem abrir caminho para nós, e não nós para eles”

Comentários de Goethe sobre seu encontro com Beethoven (julho de 1812) “… Vim a conhecer Beethoven em Teplitz. O seu talento assombrou-me; mas infelizmente a ele coube uma personalidade completamente destituída de autodomínio; ele pode não estar completamente errado ao julgar que o mundo é odioso, mas também é verdade que tal atitude não tornaContinuar lendo ““… eles devem abrir caminho para nós, e não nós para eles””

O criacionismo e a evolução

“… caso o mecanismo do relógio tivesse sido organizado de maneira diferente de como o vemos, com outras formas ajustadas umas às outras, ou numa ordem diversa, não teria sido animado por movimento algum e não teria servido para a finalidade que levou à sua realização. Surge espontaneamente o pensamento de que o relógio tenhaContinuar lendo “O criacionismo e a evolução”