“Tudo nesta vida é sonho, alegria ou pena; Vêm-nos aos pares”

Yu Xuanji foi a primeira poetisa feminista chinesa. Viveu de 844 a 869, durante a dinastia Tang. Foi executada aos 26 anos, após uma acusação duvidosa. As mulheres, à época, eram impedidas de exercer funções de relevo; cabiam-lhes, praticamente, casar-se, tornar-se concubina ou monja. A linda e educada Yu Xuanji (Xuanji significa “misteriosa profundidade”) tornou-seContinuar lendo ““Tudo nesta vida é sonho, alegria ou pena; Vêm-nos aos pares””

Feminista, revolucionária, anti-escravagista, heroína e, crente na justiça humana

Marie Gouze nasceu em 1748 e foi decapitada em 1793, aos 45 anos. Era filha de um amor proibido entre Anne-Olympe, uma lavadeira, e um marquês. Aos 18 anos já era mãe e viúva. Casara-se, forçada, com um sujeito muito mais velho e abusivo, que a obrigava a manter relações sexuais. Após sua morte nuncaContinuar lendo “Feminista, revolucionária, anti-escravagista, heroína e, crente na justiça humana”