O poder não corrompe, ele só evidencia e acentua nossa corrupção

Hoje, 04 de novembro, é o dia da Favela. Podem rir. O que alguns preferem chamar de ‘comunidades‘ é algo fantástico! Mostra toda a capacidade de adaptabilidade do pobre, desamparado totalmente dos ‘poderes’ públicos e das garantias constitucionais. Ao invés da atenção e proteção estatais, são discriminados, marginalizados, ignorados, evitados e, fábrica de detentos eContinuar lendo “O poder não corrompe, ele só evidencia e acentua nossa corrupção”