Sobre a estupidez humana

Esta expressão de Einstein é conhecida: “Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta”. Ernest Renan a dizia dessa forma: “A estupidez humana é a única coisa que dá uma ideia do infinito.” Em 1976, Carlo Cipolla pensou em resumir essa capacidade humanaContinuar lendo “Sobre a estupidez humana”

A estupidez salva

Lembro de épocas em que gostos idênticos nos aproximavam. Hoje, notei, participo mais de grupos cujas características são desgostos comuns: o que nos une é o que desagrada, o que inquieta. O que separa nos une. Muita tensão. Provocações, desvios de foco, fumaça em vários tons para que não se veja o incêndio, diversionismo, estradasContinuar lendo “A estupidez salva”