“O povo é uma prostituta que se vende a preço baixo.”

A crônica abaixo, de Rubem Alves é provocadora, polêmica. Ao desacreditar o povo como expressão da vontade da nação – portanto, da democracia – (por ser manipulável), pode alimentar argumentos caros a alguns: alguém tem que falar em seu lugar, um autocrata, talvez. No final ele se redime e diz ter esperança num povo capazContinuar lendo ““O povo é uma prostituta que se vende a preço baixo.””

“Enfrente a realidade como ela é… não como você deseja que seja.” (Jack Welch)

Sadhguru é um místico que prega o desapego a crenças: “Apenas veja como é e lide com isso do jeito que é. Isso é tudo que você precisa fazer.” O que buscamos está em nós e no que nos cerca, diz. Evitemos a doutrinação, ela nos limita: “Corrija-se, não tente consertar os outros”. “O DivinoContinuar lendo ““Enfrente a realidade como ela é… não como você deseja que seja.” (Jack Welch)”