Edição genética

No ano passado, duas mulheres – Emmanuelle Charpentier e Jennifer Doudna – ganharam o Nobel de Química, pela descoberta da tesoura genética ou molecular, conhecida como CRISPR/Cas. Segundo o júri, essa premiação objetivava recompensar “o desenvolvimento de um método de edição de genes que contribui para o desenvolvimento de novas terapias contra o câncer eContinuar lendo “Edição genética”