Simetria burra

A vaidade tem várias expressões. A estética pessoal normalmente é uma preocupação daqueles voltados à beleza formal ou exterior, aparente. Ela está associada à arte, mas nem sempre. Vemos muitos apegados a aspectos estéticos apenas para capturarem admiração e ‘aprovação’ dos outros, ao invés de um genuíno prazer artístico. Fernando Sabino, no livro “A MulherContinuar lendo “Simetria burra”

Escolha uma cor (Etgar Keret)

Etgar Keret é um autor israelense, cujos contos nos deixam fora de lugar. O trivial é mesclado com disparates e fantasias, supostamente improváveis (inesperadas, indesejadas). Ele orgulha-se de ser o autor cuja obra é a mais furtada nas bibliotecas públicas de Israel. Prefere ser reconhecido como judeu do que como israelense: os judeus se construíramContinuar lendo “Escolha uma cor (Etgar Keret)”

Contos Salva-Vidas

Contos Salva-Vidas (Rivka Galchen) “Dez jovens decidem entrar em quarentena longe de Florença. O ano é 1348, época da peste bubônica. Os infectados desenvolvem protuberâncias na virilha ou nas axilas, seguidas de manchas escuras espalhadas pelo corpo. Dizem que alguns aparentam saúde no café da manhã, mas, lá pela hora do jantar, já estão dividindoContinuar lendo “Contos Salva-Vidas”