Histórico da indiferença

“Por que eu sempre nado contra a corrente? Porque só assim se chega às nascentes”. (José Lutzenberger) “Sou pessimista quanto à raça humana, porque ela é tão engenhosa que acaba se voltando contra si mesma. Nosso modo de lidar com a natureza é obrigá-la à submissão. Teríamos mais possibilidades de sobrevivência se nos acomodássemos aContinuar lendo “Histórico da indiferença”

Sobre o bem e o mal

“Do bem e do malTodos tem seu encanto: os santos e os corruptos.Não há coisa na vida inteiramente má.Tu dizes que a verdade produz frutos…Já viste as flores que a mentira dá?” (Mário Quintana) “O bem é um mal necessário. Se não existisse o bem, ou a ideia dele, não conheceríamos o mal, portanto oContinuar lendo “Sobre o bem e o mal”

O legado de Confúcio

K’ung Ch’iu, conhecido no Ocidente como Confúcio, teve uma ascendência sobre o Leste Asiático, especialmente na China, como nenhum outro. Talvez Lao-Tsé, fundador do taoismo, e Sidarta Gautama se equiparem. Nesta região, foi Confúcio, não Moisés, quem legou os padrões para a moralidade humana. Foi Confúcio, não Locke ou Jefferson, quem moldou a relação entreContinuar lendo “O legado de Confúcio”

Tradições

O ‘paebaek’ é a tradicional cerimônia coreana para o casamento. Num momento do ritual, os noivos cumprimentam os pais. Esse cumprimento é uma reverência. Ainda em pé, colocam-se as mãos na testa com os polegares e os indicadores formando um triângulo entre elas. Depois, com as mãos nessa posição, ajoelha-se (sem usar as mãos paraContinuar lendo “Tradições”