“Deus, ou seja, a Natureza”

Para Espinoza, Deus não criou o mundo nem está fora do mundo: ele é o próprio universo. Por isso, dizia “Deus sive Natura” (Deus ou Natureza). Deus seria imanente, está inseparavelmente contido e implicado em toda a realidade. A ideia de um Deus raivoso, que precisava ser cultuado e agradado, seria uma superstição. Essa imagemContinuar lendo ““Deus, ou seja, a Natureza””