Homem algum é uma ilha

Thomas Merton (1915- 1968) escreveu o livro “Homem algum é uma ilha”. Ele era um amigo do Brasil, em especial de alguns brasileiros, como Dom Hélder Câmara e Alceu Amoroso Lima e das poesias de Manuel Bandeira e Jorge de Lima. Nesse livro, dizia: “Por mais decadentes que pareçam o homem e o mundo, eContinuar lendo “Homem algum é uma ilha”

A revolução, segundo Alceu Amoroso Lima

Em 2019, o presidente chileno Sebastián Piñera pronunciou-se a respeito dos crescentes protestos nas ruas. Lamentou não ter se antecipado à insatisfação popular: “Reconheço essa falta de visão e peço desculpas a meus compatriotas … recebo com humildade e clareza a mensagem que os chilenos nos deram”. Quando, por aqui, ocorreram os protestos de 2013,Continuar lendo “A revolução, segundo Alceu Amoroso Lima”

Mudanças?

“Durante a campanha eleitoral deste ano, voltou-se muito a falar em esquerda e direita. Para muitos, esquerda é sinônimo de comunismo. Direita, sinônimo de democracia. E, em certos meios católicos, a esquerda é o Anticristo e a direita, a Igreja ou pelo menos a posição político-social em que se encontra a Igreja.” Isso foi escrito por AlceuContinuar lendo “Mudanças?”