A evolução da forma

(Poema de Jalâl ad-Din Rûmî)   Toda forma que vêstem seu arquétipo no mundo sem-lugar.Se a forma esvanece, não importa,permanece o original. As belas figuras que viste,as sábias palavras que escutaste,não te entristeças se pereceram. Enquanto a fonte é abundante,o rio dá água sem cessar.Por que te lamentas se nenhum dos dois se detém? AContinuar lendo “A evolução da forma”