Náufragos, por Luis Fernando Veríssimo

“Contam que um homem sobreviveu a um naufrágio e acabou numa ilha deserta, e lá viveu durante 40 anos, até morrer. Os primeiros 20 anos foram os piores. Quando não estava ocupado procurando comida e tratando de se abrigar do sol, da chuva e do vento, quando não tinha mais o que fazer a nãoContinuar lendo “Náufragos, por Luis Fernando Veríssimo”

O que Sherlock Holmes tem a nos dizer

Tomás Ryan, professor de Bioquímica e Imunologia, propõe que esquecer memórias ou coisas que aprendemos pode ser uma característica funcional do cérebro e, na verdade, uma forma adicional de aprendizado. “Criamos inúmeras memórias enquanto vivemos nossas vidas, mas muitas delas esquecemos. Por que? Contrariando a suposição geral de que as memórias simplesmente decaem com o tempo,Continuar lendo “O que Sherlock Holmes tem a nos dizer”

Intocáveis

Falei noutro dia sobre os invisíveis; agora, abordo os intocáveis. Temos por aqui os que são intocáveis porque são inalcançáveis, inatingíveis, ninguém pode lhes tocar e, há aqueles que são intocáveis porque ninguém lhes quer tocar, e eles não tocam nosso coração. Os primeiros são os poderosos, principalmente os políticos, os magistrados, altos empresários, herdeiros,Continuar lendo “Intocáveis”

Invisíveis

A vertiginosa velocidade das mudanças em curso, em todos os meios humanos, tem tornado, a muitos de nós, desassociados com o ambiente ao redor e, até consigo mesmos. Há um deslocamento, um distanciamento crescente, entre nossas aspirações, desejos, sonhos e a nossa realidade. Mesmo quando parte desses desejos é atingido, a insatisfação (a infelicidade) éContinuar lendo “Invisíveis”

A verdade, reconheces?

Um político decorou um versículo e vive a repeti-lo: “… e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, conforme João 8:32. Não viu o versículo anterior: “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos”. Isso dá trabalho: requer abandonar a mentira como prática e ter pensamentos e atitudes cristãs. A liberdade a queContinuar lendo “A verdade, reconheces?”

A educação não é tudo; sem ela, porém, não se funda um futuro

A educação não garante, por si, um futuro promissor, equitativo e aspiracional. Entretanto, uma comunidade sem educação condena-se à dependência, escraviza-se aos detentores do saber, internos e externos. “Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”, resumia Paulo Freire. Educação, frisemos, não é mera reprodução de um conhecimento padronizado,Continuar lendo “A educação não é tudo; sem ela, porém, não se funda um futuro”

O inimigo está ao lado

É crescente a sensação de que inimigos nos cercam. De fato, há intenções malévolas nas esquinas, no trânsito, em casa, nas redes sociais, na política, no trabalho, na igreja. Os conservadores são os mais alarmados, pois pressentem que querem destruir o mundo – a cultura – como eles o reconhecem. A mudança é o grandeContinuar lendo “O inimigo está ao lado”

O rei está morrendo!

Há um rei, consciente de seu papel como rei. Moribundo, tenta segurar tudo nas mãos. Ele está no poder há séculos mas, não se apercebeu, o tempo passou e, inexoravelmente, terá que morrer. Quando nota que sua hora chegou, junto com a agonia, começa a perder todos os seus poderes. “Eu tentei acender a calefação,Continuar lendo “O rei está morrendo!”

Faça a sua agenda

Com tudo se embaralhando, parece cada vez mais difícil assumirmos nossa vida. A vida se esgota e antes nos sentimos esmagados, incapazes de dar conta do assédio informacional e de expectativas. Século da ansiedade e de pânico. As drogas, todas, não são saídas, mas novos precipícios. Esse pequeno texto é uma advertência (conselhos são carosContinuar lendo “Faça a sua agenda”

A vida importa

Já fui muito revoltado. Já tive momentos de indignação que me levariam a atitudes extremas, se tivesse oportunidade. Como nada fiz nesse sentido, fui rendido pela idade. Vi que meu papel era ser anônimo; só mais um entre quase 8 bilhões. Percebi que minha vida é algo que importa, mas só para mim (e poucosContinuar lendo “A vida importa”