“Quanto mais o universo parece compreensível, mais parece também sem sentido.” (Steven Weinberg)

“A humanidade ainda é embrionária”, dizia Teilhard de Chardin, mas está evoluindo, mesmo que certos eventos nos façam pensar ao contrário. “Muitos augúrios internos e externos (sublevações políticas e sociais, inquietações morais e religiosas) causaram-nos a impressão, mais ou menos confusa, de que algo tremendo está tendo lugar no mundo neste momento. Mas o queContinuar lendo ““Quanto mais o universo parece compreensível, mais parece também sem sentido.” (Steven Weinberg)”

Nosso Narcisinho

“O presidente Jair Bolsonaro cumprimentou Joe Biden pela posse como novo presidente dos Estados Unidos em publicação postada nas redes sociais na tarde desta quarta-feira, 20 de janeiro.” (Fonte: Agência Brasil) Após a posse de Biden: esperava até o último minuto a reviravolta de Trump, um golpe, como sonha – a partir de suas manifestaçõesContinuar lendo “Nosso Narcisinho”

“… nós também somos oceanos”

Amanda Gorman, poeta e ativista, nasceu em Los Angeles, Califórnia, em 1998 e foi criada por sua mãe, junto com seus dois irmãos e uma irmã. Ela tem uma irmã gêmea chamada Gabrielle, que também é ativista. Quando criança, ela foi diagnosticada com um distúrbio de processamento de som e um problema de fala queContinuar lendo ““… nós também somos oceanos””

O homem sábio pensa consigo mesmo

“Voltaire é e será sempre atual, porque haverá sempre superstição, fanatismo, intolerância, injustiça, simonia, milagres, tolice.” (Acrísio Tôrres) Voltaire (1694-1778) era venenoso. Toda a falsa sensação do amparo religioso e da adoção de pensamentos alheios eram evisceradas e começavam a se deteriorar ao serem expostas. “A ambição de dominar os espíritos é uma das maisContinuar lendo “O homem sábio pensa consigo mesmo”

“… até hoje nada sei de javanês, mas compus umas histórias bem tolas…”

Castelo era um ‘malandro’, arquétipo do brasileiro que se vira, dá um jeito, e, na cara de pau, assume papéis para os quais não tem competência mas conta com a maior ignorância dos que o contratam. O que os ‘Castelos’ atuais não contam é que há javaneses que podem desmascará-los. O Homem que Sabia JavanêsContinuar lendo ““… até hoje nada sei de javanês, mas compus umas histórias bem tolas…””

Uma história extraordinária

Franz Mesmer (1734-1815) era médico, teólogo e doutor em filosofia. Desenvolveu a ideia de Magnetismo Animal, que terminou por se ligar ao seu nome: Mesmerismo. Esse magnetismo seria uma força natural que todos os seres vivos teriam e que poderia, inclusive curar. Sua divulgação se deu a partir de 1773; em 1784 os médicos aContinuar lendo “Uma história extraordinária”

As FFAA, uma das poucas instituições que tem o respeito da nação, não pode ser usada por interesse pessoal, de uma família!

O presidente  tresloucado que temos afirmou nesta segunda-feira (18/1) que quem decide se um povo vive em uma democracia ou em uma ditadura são as FFAA! Ele é doido mesmo? O governo representa a população, não um grupo dela, mesmo armado. Fico triste ao saber que 6.157 militares da ativa e da reserva ocupam cargos civis noContinuar lendo “As FFAA, uma das poucas instituições que tem o respeito da nação, não pode ser usada por interesse pessoal, de uma família!”

Até 2100 o permafrost pode derreter totalmente

“À medida que se derretem os solos frios do permafrost, há a ameaça de fuga de vírus primitivos e esquecidos, além de bilhões de toneladas de gases de efeito estufa que ficaram presos por milhares de anos, que podem ser catastrófico para as mudanças climáticas.” ( Sam Alvarado) Assim como a devastação de terras virgens,Continuar lendo “Até 2100 o permafrost pode derreter totalmente”

“Se eu ganhasse desse jeito, o que ia falar para a minha mãe?”

“Faltando 150 metros, ele se distanciou 20 metros de mim e quando vi que ele parou antes da chegada eu fiquei um pouco surpreendido, acho que ele não tinha entendido bem que ainda não tinha chegado e que a meta ainda estava a 50 metros”, respondeu Iván Fernández Anaya a um repórter. Em 2012, numaContinuar lendo ““Se eu ganhasse desse jeito, o que ia falar para a minha mãe?””

“… vós, que pretendeis recuar o progresso do país …”

Bárbara de Alencar, nascida em Exu, Pernambuco, participou ativamente da ação revolucionária de 1817 no Nordeste, que tentou varrer as forças do Império e antecipar fachos de iluminismo. Os bens da família foram confiscados e ela foi presa, aos 57, viúva, juntamente com os três filhos, José Martiniano (pai do escritor cearense José de Alencar),Continuar lendo ““… vós, que pretendeis recuar o progresso do país …””