A Magistratura e o Ministério Público

Segundo Pascal, “A justiça sem a força é impotente, a força sem justiça é tirana.”

O senso de justiça é um elo da humanidade; mas a liberdade também o é.

A Justiça deve ser o cimento social, aceito por todos, porém “se o homem falhar em conciliar a justiça e a liberdade, então falha em tudo”, opina Camus.

Montaigne, alertava que “é próprio de um espírito precipitado e insaciável não saber por fim à sua cobiça”, e que “a maior prudência na arte militar consiste em não lançar o inimigo em desespero”.

Esses assuntos nos remetem aos dias atuais, nos quais a Justiça – emblema da Democracia – vê-se ameaçada por aventureiros – que o futuro sempre os desgraça, mas o presente os amarga.

Sem delongas, apresento um curso sobre “A Magistratura e o Ministério Público“, guardiões da Justiça.

É um curso rápido, intensivo, apresentado por dois jovens profissionais que têm algo a dizer, sem jacobinismo, e que procuram estimular o ingresso nas carreiras jurídicas pelos que sabem o papel social da Justiça – de forma realista, sem idealismo.

Este evento, de dois dias de imersão, abordará as carreiras do Ministério Público e Magistratura, partindo das formas de estudos, ingresso, as várias especialidades existentes no sistema de Justiça.

Terá uma abordagem técnica e descritiva das competências exigidas, do dia-a-dia desde o início da carreira até o desenrolar das promoções e os acessos estruturados de avanço profissional.

Os impedimentos, as limitações, bem como todas as vantagens e desvantagens da escolha profissional no MP e na Magistratura, com aulas ministradas pelos professores Flávio Henrique Freitas, Juiz de Direito, Mestre e Doutorando em Direito e, Daniel Magalhães Albuquerque, Promotor de Justiça, Mestre e Doutorando em Direito. 

As aulas serão ministradas nos dias 20 e 21 de maio de 2022.

O custo é simbólico: R$ 37,90, pagos em até 6 parcelas.

Mais informações: https://www.sympla.com.br/evento-online/carreiras-e-profissoes-a-magistratura-e-o-ministerio-publico/1553699

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Um comentário em “A Magistratura e o Ministério Público

  1. A magistratura é o MP são antagônicos na sua própria origem. Nem sei como conseguirão conciliar tais discursos. O MP deveria primar também pela liberdade em certos casos. Mas o que e
    Vemos é a sede de condenação. A magistratura é o fiel da balança. Onde se espera a equidade da justiça. Nem mais nem menos em cada prato da Balança. O MP jamais chegará às raias do fiel dessa balança. Existe uma sede de condenação por parte do MP e poucas vezes vemos o MP pedir absolvição do réu que também é uma de suas prerrogativas. O MP vai mal e a Magistratura também. Não digo isso nos Tribunais Superiores,mas no juízo singular.. Advogados são constituídos para que se faça de fato uma justiça com equidade. É de fato necessário palestras como essa proposta , para que tornemos a ver cada um em seu papel. Não havendo o desvio das duas funções.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: