Sonhos de André Rebouças, por Anita Pequeno

(André Pinto Rebouças, 1838-1898)

Uma filha, Anita Pequeno, tem mergulhado na complexa vida de André Rebouças, dentre seus estudos raciais. É dela essa reflexão poética:

Morrer no Atlântico 

“Do alto daquele penhasco, para onde você olhava? 

Para o céu? Para o mar? 

Ou seus olhos estavam fechados e você olhava para si, tão imenso quanto ambos? 

Sua morte reatualiza em mim as leituras sobre a ‘middle passage’*.

A mesma semântica perversa. 

Como entender os trânsitos do seu corpo quando lembro do Atlântico como seu lugar derradeiro? 

Esse oceano infinito me perturba na sua ambiguidade: tão belo e tão triste, tão vivo e tão morto. 

Ele te levou à Europa para a realização de sonhos improváveis. 

Te levou aos Estados Unidos, experiência dolorosamente incontornável para o teu autorreconhecimento. 

Te levou para a África quando, mesmo cansado, você ainda sonhava. 

Um dos seus últimos sonhos é dos que acho mais lindos: 

você queria vestir todos os negros africanos. 

Você sabia como aquela nudez era instrumentalizada para o fim de colocar aqueles corpos em um lugar de onde você lutou a vida toda para sair. 

E não saiu. 

Não tinha como não sucumbir, André. 

Você, então, percorreu novamente o Atlântico, agora já tão desiludido que mergulhar nele soou como um descanso para o seu corpo fatalmente exausto.”

(*) Middle Passage: “Passagem do Meio” era como se chamava a viagem forçada de escravos africanos do Atlântico para o ‘Novo Mundo’. Era uma perna da rota comercial triangular que levava mercadorias (como facas, armas, munições, panos de algodão, ferramentas e pratos de latão) da Europa para a África; de lá, africanos para trabalhar como escravos nas Américas e, na volta, matérias-primas (açúcar, tabaco, arroz, algodão) para a Europa.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: