O invisível gera o visível, por Márcio Kazuo Teramoto

“O Essencial é invisível aos olhos” (Antoine de Saint-Exupéry)

Tamanha sabedoria em uma simples frase. O mundo visível é consequência do mundo invisível. Se quer uma realidade diferente, mude primeiro por dentro.

A cada vez que leio esta frase de Exupéry, lembro de uma velha história.


Em um sítio havia uma amoreira; não dava frutos doces e grandes, mas apenas frutos pequenos e azedos. O dono do sítio resolveu então, cortá-la, ao que sua esposa pediu para que ele não a cortasse. Então a esposa do dono do sítio cuidou da árvore, colocou adubo, regou todos os dias. E na próxima frutificação, as amoras nasceram doces e grandes.


A esposa do dono do sítio cuidou das raízes, cuidou do invisível para que o resultado do visível fosse diferente.

Nossa realidade é resultado do invisível. Mente, emoção e espírito geram nosso mundo físico.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: