Sobre a estupidez humana

Charge O Tempo 20/11/2019

Esta expressão de Einstein é conhecida: “Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta”.

Ernest Renan a dizia dessa forma: “A estupidez humana é a única coisa que dá uma ideia do infinito.”

Em 1976, Carlo Cipolla pensou em resumir essa capacidade humana no texto “As leis fundamentais da estupidez humana”, para um público restrito. Em 2011 concordou em publicá-las em livro.

São apenas cinco principais:

  • 1. Todo mundo sempre e inevitavelmente subestima o número de indivíduos estúpidos em circulação;
  • 2. A probabilidade de determinada pessoa ser estúpida independe de qualquer outra característica dessa mesma pessoa;
  • 3. Uma pessoa estúpida é uma pessoa que causa prejuízos a outra pessoa ou a um grupo de pessoas enquanto ele mesmo não obtém ganho e, possivelmente, incorre em perdas;
  • 4. Pessoas não estúpidas sempre subestimam o poder devastador de indivíduos estúpidos. Em particular, as pessoas não estúpidas esquecem constantemente que, em todos os momentos e lugares, sob quaisquer circunstâncias, lidar e/ou se associar com pessoas estúpidas infalivelmente acaba sendo um erro que custa caro;
  • 5. Uma pessoa estúpida é o tipo mais perigoso de pessoas.

Comentando:

  • a primeira lei nos leva a desconfiar das pesquisas de opinião que apontam que o mal não continuará. Muitos estúpidos não se assumem como tal.
  • Sobre a segunda lei: descobri que amigos com doutorado e calejados de experiência de vida não conseguiram anular sua estupidez, que aflorou na primeira convocação.
  • A terceira lei é comprovável por muitos: é fato que os estúpidos não ganham nada com seu esforço asinino de se travestir em gado, embora sequer tenham consciência do prejuízo para a fazenda.
  • Lamentável a quarta lei, pois de fato subestimamos a força dos estúpidos – eles são arregimentados e vão, com seus antolhos, na direção apontada pelo líder.
  • Em consequência, por os subestimarmos, eles se tornam o maior perigo para a normalidade de um ambiente democrático, com respeito às leis.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Um comentário em “Sobre a estupidez humana

  1. Também não sei se a terra e finita , a estupidez desde a criação do primeiro honem foi estúpido. Estamos vivendo a era crescente da estupidez. Ela permeira desde os seculos passados. Estupidez é algo crescente e não tem volta. Cada dia mais aumenta os incultos a mandar nos cultos. A estupidez não é pode – se classificar como uma ciência. Não se convence um estupido a mudar de direção. Nunca discuta com um estúpido. Vc chegara ao nivel dele. Estamos agora na era da estupidez.

    Curtir

Deixe uma resposta para Obede Dias Freire Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: