A guerra é uma doença

PODCAST: Vida e Obra de Antoine de Saint-Exupéry
(Antoine de Saint-Exupéry)

Durante a Segunda Guerra, Saint-Exupéry serviu como piloto de reconhecimento nas Forças Armadas francesas.

Antes, havia sido piloto civil, quando sofreu dois acidentes quase fatais. O primeiro, em 1935, na rota Paris-Saigon, seu avião cai no deserto da Líbia. Ele e o mecânico foram encontrados, quase mortos de sede por beduínos. Noutro, em 1938, quando fazia Nova York-Terra do Fogo, caiu na Guatemala, logo ao decolar. Este lhe deixou muitas sequelas.

Antes, como piloto de testes, sofreu um acidente no Mediterrâneo, em 1932, no qual quase perdeu a vida.

Mas, a aviação era ‘parte’ de sua personalidade.

“Tenho horror da literatura pela literatura. Por ter vivido ardentemente, pude escrever fatos concretos. Foi a profissão que delimitou meu dever de escritor.” (1942)

Como piloto de reconhecimento, no início da guerra, corre riscos que percebe como desperdício de vidas: o Estado-Maior francês se recusava a acreditar nos relatórios fornecidos pelas missões quase suicidas (baixa altitude em meio aos caças inimigos).

A França estava derrotada: a realidade contrariava as hipóteses oficiais, e o alto comando ficava com suas ‘possibilidades’.

“Sacrificam-se tripulações como se jogassem copos d’água no incêndio de uma floresta”, desabafa.

“Vivi outrora aventuras: a criação das linhas postais, a dissidência saariana, a América do Sul …

Mas a guerra não é uma verdadeira aventura, é só uma imitação de aventura … A guerra é uma doença.”

Vê o seu “território de infância” ser destruído, junto com as conexões que dão sentido a uma civilização:

“Morre-se por uma casa. Não por objetos ou por paredes. Morre-se por uma catedral. Não por pedras. Morre-se por um povo. Não por uma multidão. Morre-se pelo amor do Homem, se ele for o ponto de sustentação do conjunto de uma Comunidade. Morre-se unicamente por aquilo por que se pode viver.”

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: