Nossas armaduras nos defendem ou nos afastam?

O Cavaleiro preso na armadura

“Há muito tempo e numa terra muito distante, vivia um cavaleiro que se tinha por bondoso, gentil e amoroso.

Lutava contra inimigos que eram perversos … matava dragões e resgatava donzelas em perigo. (…)

O cavaleiro era conhecido por sua armadura …

Por anos a fio, esse cavaleiro esforçou-se para ser o cavaleiro número um de todo o reino.”

Esse é o tema da fábula “O cavaleiro preso na armadura”, de Robert Fisher.

Sua dedicação à ‘armadura’ o leva a desdenhar da família. Seu filho, por exemplo, mal o reconhece. Arrependido, tenta tirar a armadura. Não consegue. Precisa encontrar seu eu esquecido.

A historinha fala para os dias atuais: a todos que se sentem presos aos compromissos e às responsabilidades do mundo moderno e acabam por esquecer aqueles que amam.

Alguns vivem a correr para ‘vir a ser‘, ao invés de ‘ser‘ simplesmente. Confundem ‘necessidade’ com ‘ganância’.

Aos que desconfiam que estão se perdendo – de si e dos próximos – vale a rápida leitura.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Um comentário em “Nossas armaduras nos defendem ou nos afastam?

  1. Parabéns meu caro amigo Dorgival. Que bom ver você compartilhando da sua sabedoria com outros! Saudades das nossas longas conversas, sou muito feliz por ter usufruído da sua companhia e aprendido tanto com você e com minha querida Suzana! Me sinto um privilegiado de ter você e sua família como amigos!
    Um forte abraço.

    Curtir

Deixe uma resposta para Melo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: