O martírio dos sete irmãos

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é Ciseri%2C_Antonio_-_Das_Martyrium_der_sieben_Makkab%C3%A4er_-_1863.jpg
(“O Martírio dos Macabeus”, de Antonio Ciseri, 1863)

Em 2 Macabeus, conta-se a história de uma mãe que presenciou o martírio e morte de seus sete filhos. Não há registro de seu nome. O rei que ordenou essas mortes foi Antíoco IV Epifânio, da dinastia Selêucida, que governou a Síria entre 175 a.C. e 164 a.C.  Ele era descendente de Seleuco, um dos generais de Alexandre, o Grande, que ficou com uma das quatro partes do que havia sido conquistado.

Antíoco queria implantar a cultura helenística em todo o seu domínio, com seus deuses e costumes.

“Aconteceu também que sete irmãos, detidos com sua mãe, começaram a ser coagidos pelo rei a tocar na proibida carne de porco, sendo por isso atormentados com flagelos e nervos.

Um dentre eles, fazendo-se porta-voz dos outros, assim falou: ‘Que pretendes interrogar e saber de nós? Estamos prontos a morrer, antes que a transgredir as leis de nossos pais.’

O rei, enfurecido, ordenou que se pusessem ao fogo assadeiras e caldeirões. Tornados estes logo incandescentes, ordenou que se cortasse a língua ao que se havia feito porta-voz, e lhe arrancassem o couro cabeludo e lhe decepassem as extremidades, tudo isto aos olhos dos outros irmãos e de sua mãe.

Já mutilado em todos os membros, mandou que o levassem ao fogo e o fizeram assar, enquanto ainda respirava. (…)” (II Macabeus, 7 1-5)

Os sete, e a mãe, foram supliciados e mortos.

O último teria dito: “Eu não obedeço ao mandamento do rei! Ao mandamento da Lei, porém, que foi dada aos nossos pais por meio de Moisés, a esse eu obedeço.”

A crença e a fé se retroalimentam e tornam indestrutíveis seus detentores.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: