O lobo e o cão (Fedro)

Humanos fizeram com que cães fossem mais submissos entre si - Revista  Galileu | Ciência

“Que a liberdade tem encantos – eis o que lhes vou mostrar em poucas palavras.

Um cão grande e gordo encontrou por acaso um lobo magro e desfeito. Depois de se cumprimentarem mutuamente, pararam:

– Donde vens – perguntou o lobo – que és tão brilhante, e com que viandas adquiriste essa tão grande corpulência? Eu, que sou muito mais vigoroso, morro de fome.

Respondeu-lhe o cão com bonomia:

– Terás as mesmas vantagens, se puderes prestar a meu dono os mesmos serviços que lhe presto.

– Quais são? – perguntou o lobo.

– Guardar a porta para impedir que, de noite, por ela entrem os ladrões dentro de casa.

– Por minha parte, estou pronto. Vivo exposto à neve e à chuva, arrastando nos bosques uma vida miserável. Como me seria fácil viver protegido, e, sem fazer nada, me fartar de uma alimentação abundante!

– Trazem-me pão sem que eu o peça – disse o cão. – Meu dono me oferece os ossos de sua mesa, os lacaios me atiram alguns pedaços, e todos me dão os restos do que já não querem. Encho a barriga sem nenhum esforço. Vem, pois, comigo.

Enquanto caminhavam, o lobo percebeu que o pescoço do cão estava todo pelado junto à corrente.

– E isso? Donde vem?

– Não é nada.

– No entanto, conta, se o quiseres.

– Ora: como sou um pouco impetuoso, prendem-me durante o dia para que eu repouse e possa vigiar melhor quando a noite chega. Soltam-me de tarde e eu perambulo por onde bem entendo.

– Ora, vamos: mas se tiveres vontade de ir a alguma parte, tens consentimento para fazê-lo?

– Não de todo – respondeu o cão.

– Então goza dos bens de que te gabas, ó cão! Quanto a mim, não quero reinar, exceto com a condição de ser meu próprio dono.”

Caio Júlio Fedro viveu no século I d.C. Adaptou estilisticamente muitas fábulas de Esopo.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: