O Brasil poderia ter sido um império colonialista

Guia de viagem: Luanda | Turismo em Luanda - KAYAK
(Luanda, Angola)

1822. O Brasil torna-se independente de Portugal. Comemora-se no dia 7 de setembro, dia do grito no Ipiranga, mas a data oficial seria 12 de outubro, quando se deu a elevação oficial do país à condição de Império e a aclamação de D. Pedro como seu primeiro imperador.

Em seguida, membros da comunidade mercantil angolana criaram uma facção sediciosa e separatista de Portugal (e aderindo ao Brasil), chamado ‘partido brasileiro (brasílico)’. Seus interesses estavam nos portos do Rio de Janeiro e Pernambuco: comércio de escravos.

Também nas ilhas de Cabo Verde houve um movimento de adesão ao novo império brasileiro, logo abafado pelos mandatários portugueses.

O mesmo ocorreu em Moçambique, onde seu governador-geral denunciava a “atuação de um bando de brasileiros que havia desertado dos Batalhões da Cidade e, não satisfeitos em tornarem-se ladrões de estradas, também declararam a província unida ao Brasil, sob a alegação de que ela não tinha relação alguma com Portugal.”

Sobre Angola:

“Angola sempre foi mais ligada ao Brasil do que a Portugal. Foi o Rio de Janeiro que a libertou do domínio holandês; dos seus três deputados às Cortes Constituintes Gerais de Lisboa, dois bandearam-se para o Brasil; em 1822 foi no Rio que se lançaram as proclamações pela ‘desprezada Angola’ e, logo em seguida os movimentos rebeldes de Luanda e Benguela visaram ligá-la ao Brasil.” (José Honório Rodrigues)


Angola só não foi realmente anexada àquele tempo ao Brasil, em razão de D. Pedro I ter
concordado com a cláusula do Tratado de Aliança e Amizade de 1825, que o proibia aceitar as pretensões de quaisquer colônias de Portugal de virem a se juntar ao Império do Brasil.

Os interesses comerciais (escravidão) poderiam ter tornado o Brasil um país colonialista, muito antes da partilha oficial da África, em 1876, a partir da AIA (Associação Internacional Africana).

Imaginem! Se nem conseguimos nos administrar, como faríamos com as colônias?



existir em todo o Reino “um numeroso partido a fazer
causa comum com o Brasil, pondo-se de baixo da sua proteção”. Tal
partido, segue o relato de Avelino Dias, “é principalmente dirigido por
alguns homens ricos, cujos interesses estão intimamente ligados com o
comércio da escravatura para os Portos do Rio de Janeiro e Pernambuco”.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Um comentário em “O Brasil poderia ter sido um império colonialista

  1. O Brasil já vive em verdadeira discriminação racial. Imagine se esses países tivessem agregados ao nosso , talvez até hoje estariam escravizados.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: