O Brasil vai, o Brasil vai …

(… Vejo a industria gerando riqueza
Findando a seca
Salvando a pobreza
Ouço a usina feliz mensageira
Dizendo na força da cachoeira
O Brasil vai, o Brasil vai
O Brasil vai, o Brasil vai
Vai, vai, vai, vai, vai, vai ..
. )

Luiz Gonzaga compôs esse esperançoso baião em 1955, quando da inauguração da usina de Paulo Afonso. Parecia a redenção do Nordeste. Mais uma promessa, vã.

Precavido, ele não disse para onde o Brasil vai.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: