No espaço e no mar profundo

A geóloga, oceanógrafa e ex-astronauta norte-americana Kathy Sullivan, de 68 anos, é a primeira pessoa a caminhar no espaço e mergulhar até o ponto mais profundo do oceano, sonho de muitos exploradores.

Em 1984, Sullivan foi a primeira norte‑americana a concluir uma viagem espacial e a realizar uma caminhada no espaço.

Após se desligar da Nasa em 1993, ela assumiu a chefia da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa) e, em junho deste ano, embarcou com o explorador Victor Vescovo no submarino Limiting Factor.

Os dois mergulharam 10.900 metros até o Challenger Deep, o ponto mais profundo dos oceanos, na fossa das Marianas, no Pacífico. Foi a quarta viagem humana e a primeira de uma mulher ao local, que apresenta pressão atmosférica mais de mil vezes superior à verificada ao nível do mar.

“É mágico podermos ir a esses lugares por causa da engenhosidade e da destreza de certos grupos de pessoas”, disse Sullivan à BBC News.

Este texto foi originalmente publicado por Pesquisa FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: