“Preocupai-vos demais com este mundo”

(O Mercador de Veneza, de Shakespeare)

Disse Graciano ao amigo Antônio.

– “O mundo, para mim, é o mundo, apenas. Um palco em que representamos todos nós, um papel”, responde Antônio.

– “Conheço muita gente que é tida como sábia, tão-somente por não dizer nada”, complementa Graciano.

– “Graciano fala sempre uma infinidade de nadas”, comenta Bassânio, outro amigo.

Bassânio tem seus problemas: – “Não ignoras, Antônio, até que ponto dissipei meus haveres, pretendendo sustentar um estilo mais custoso de vida do que minhas fracas rendas podiam comportar. (…) não me pesa abrir mão desse alto estilo.”

Dívidas e pretensões, herança do Bassânio. E, pede novo empréstimo a Antônio – que não sabe negar e vê o mundo como representação.

– “… há uma jovem que de pouco recebeu grande herança. É muito linda e de virtudes admiráveis. Outrora eu recebi de seus olhos mensagens inefáveis”, apela Bassânio. “Ó meu Antônio! Se eu possuísse meios para poder apresentar-me como pretendente …”

Antônio aceita ser fiador de um empréstimo que Bassânio toma a Shylock, um judeu.

“Não sendo roubo, todo o lucro é bênção”, acreditava Shylock, que era desprezado e insultado por Antônio.

O contrato da dívida é assinado, com uma pena por não pagamento: “uma libra de carne” do corpo de Antônio.

Para essa história ter razão de ser, Antônio fica arruinado; seus navios naufragam.

Apesar de Antônio ser um importante mercador e Shylock um judeu (“estrangeiro”), Veneza sabe o valor de suas instituições: “Poder não tem o doge para o curso da lei deter. Se fossem denegados aos estrangeiros todos os direitos que em Veneza desfrutam, abalada ficaria a justiça da república, pois o lucro e o comércio da cidade se baseiam só neles.”

A peça tem um desfecho que surpreende. Uma leitura imantada: confrontos do que temos de bom e ruim: amizade, poder, paixão, discriminação, intolerância, senso de justiça, comedimento …

Publicado por Dorgival Soares

Administrador de empresas, especializado em reestruturação e recuperação de negócios. Minha formação é centrada em finanças, mas atuo com foco nas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: